Planos para 2018

Novo ano, vida nova! No nosso caso, quer dizer mudança de paradigma.  No seguimento desta publicação, concluímos que se calhar não valia a pena focarmo-nos tanto em fazer publicações sobre as temporadas e tão dedicados a anime sazonal.

Em vez disso, temos uma série de projectos planeados tehehe. Para começar, tencionamos aumentar a frequência das publicações, com o objectivo de lançar pelo menos uma por mês. Este calendário é possível graças ao abandono parcial da cobertura de animes sazonais, libertando o calendário para ver e analisar outros animes. Tencionamos investir mais no formato Abstract, sendo um formato mais compacto e que nos permite mais flexibilidade. Estamos abertos à criação de novos formatos como acharmos necessário, podendo estes ser sugeridos por vocês.

Temos uma série de ideias para projectos maiores envolvendo franquias como Monogatari Series, Evangelion, filmes do estúdio Ghibli e trabalhos de autores específicos como Kunihiko Ikuhara, Satoshi Kon, Shinkai Makoto, entre outros. Além destes temos também uma cronologia de anime desde os anos 50 até à atualidade, onde marcaremos datas e eventos que nos são relevantes. Além de todos estes projectos, temos ainda muitos animes em lista de espera para serem analisados.

Contudo, nós somos poucos e estudantes universitários, por isso há alturas do ano em que estamos atulhados em trabalho (exames e projectos, e eventualmente teses am I right). Com mais pessoas conseguiríamos manter a quantidade e qualidade de publicações mais consistente.

Isto não quer dizer deixaremos de abordar animes sazonais, de todo, apenas que se calhar não o faremos tão em cima do acontecimento como tem sido hábito.

De novo reforçamos a importância de feedback da parte do público, não tenham medo, nem vergonha de deixar comentários e sugestões sobre o que gostariam de ver abordado.

Sintam-se em Casa!

António Santos

Sou um amante da cultura japonesa que estuda nos tempos livres. Ver anime, ler manga e jogar preenchem a maior parte do meu dia. A outra parte é dedicada ao Anihome.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *