• Análises

    Little Witch Academia (TV) – Análise

    Eu tenho uma história atribulada com o estúdio Trigger que surgiu em parte devido à igualmente atribulada relação que tive com o seu parente Gainax. Começando por considerar que os seus animes eram “só para inglês ver” e as suas histórias “repletas de personagens cliché e tropes demasiado recalcados”, o que associado à sua tendência para utilizar a rule of cool faziam com que eu não conseguisse levar os animes a sério. Talvez não ajudou o facto de o primeiro anime da Trigger que eu vi ter sido Kill la Kill (um anime que mesmo entre os fãs foi difícil de reconciliar por diversos motivos, entre os quais nudez e…

  • Análises

    Promare – Análise

    Um dos animes que marcaram 2019 para mim foi Promare, não só por ter acompanhado online a produção desde que foi anunciado em 2017; mas também porque, na minha opinião, marca um grande passo em frente na incorporação de animação 2D e 3D da parte do estúdio Trigger. O filme retrata um mundo em que grande parte da população foi dizimada como consequência do aparecimento de um novo tipo de humanos capazes de controlar chamas. Esses humanos, denominados de Burnish, tornaram-se rapidamente alvo de discriminação e perseguição. Como forma de combater não só os Burnish, mas também os incêndios que estes causam, um novo tipo de força de bombeiros foi…

  • Abstract

    Estilo versus Substância: o eterno debate sobre arte

    Existe um debate perpétuo na análise de arte que se prende com a dicotomia entre estilo e substância. Aplicado ao mundo do anime isto traduz-se em séries com “boa” animação (algo que discutiremos mais à frente) e efeitos ofuscantes como atração principal em oposição a animes mais sóbrios, onde o foco principal são os temas e ideais discutidos. Claro que todos os animes têm sempre uma certa mistura destes dois elementos, não fosse anime uma forma de média audiovisual, contudo, muitas vezes este confronto entre os elementos visuais e (sub) textuais é utilizado como uma ferramenta para justificar uma opinião ou invalidar outra. Quantas vezes não ouvimos falar de títulos…

  • O Ano em Anime

    O Ano em Anime: 2017

    A equipa do Anihome deseja-vos um feliz ano de 2018. Olhando para o ano que passou compilámos os animes que nos pareceram mais relevantes de mencionar. Ao contrário dos nossos TOPs, que são constituídos de recomendações, aqui listamos sem nenhuma ordem em particular animes que nos tenham entretido e em relação aos quais temos um afeto especial (positivo – ★ ou não – ⚠). Atenção, esta publicação pode conter imagens menos apropriadas para ser lida em público (aka mamas e isso), obrigado. Sequelas as continuações mais aguardadas Shingeki no Kyojin Season 2 Boku no Hero Academia 2nd Season Kono subarashii sekai ni Shukufuku wo! 2 ★ Revelação★ às vezes as expectativas…

  • Top Animes por Temporada

    TOP 15 Recomendados da Temporada de Primavera 2017

    Tendo em consideração as séries que acompanhámos durante a temporada passada, a equipa do Anihome apresenta o seu TOP 15 Animes Recomendados da Temporada de Primavera de 2017. Esta foi uma temporada recheada de sequelas e por ser um top de recomendações e não um top das melhores séries, primeiras temporadas terão prioridade sobre sequelas. 15 – Frame Arms Girl Dos estúdios Zexcs e Studio A-CAT tivemos esta temporada Frame Arms Girl. Frame Arms Girl descreve, como o nome indica, uma rapariga, que na realidade é um robozito de meio palmo construído para combater outras Frame Arms Girls de modo a documentar não só como a sua inteligência e adaptabilidade aumenta…